Cervejas são as bebidas mais consumidas durante o Réveillon

Publicado por

Publicado a Janeiro 16, 2017

A Elife analisou 48.049 imagens publicadas pelo Instagram entre às 23h00 do dia 31/12/2016 e a 01h00 do dia 01/01/2017 a buscar por logotipos de empresas de bebidas e descobriu que a cerveja foi a bebida mais consumida na virada, com números maiores do que espumantes.

A Elife analisou 48.049 imagens publicadas no Instagram entre às 23h00 do dia 31/12/2016 e a 01h00 do dia 01/01/2017 a buscar por logotipos de empresas de bebidas em fotos da rede e descobriu que cerveja é a bebida mais consumida na virada, com números maiores do que os espumantes.

Por meio de uma busca de hashtags relacionadas à passagem do ano (#virada2017, felizanonovo, feliz2017 – não utilizamos #réveillon para evitar depoimentos em outras línguas), a Elife armazenou um database de mais de 48 mil imagens e depois utilizou seu algoritmo de reconhecimento de logos para identificar e analisar em fotos partilhadas no Instagram as bebidas que mais apareceram durante a virada. Graças à tecnologia Brand Logo Detection, da Elife, não foi necessário a marca ser citada, a baster apenas que a bebida estivesse presente dentro da foto partilhada.

A categoria de cerveja foi a campeã disparada de consumo, com mais de 40 mil logos identificados (uma imagem pode conter mais de um logo), seguida por vinhos (12.765 identificações), refrigerantes (8.609) e só então espumantes, que ganharam uma classificação especial por serem símbolo da época e que tiveram 7.329 menções.

f8f586057d2c9fd
Base: 48.049 casos

captura-de-tela-2017-01-16-as-21-23-29

Outra categoria que se destacou foi a de uísque, além de novidades, como a Catuaba.

Dentro de cervejas, destaque para a Heineken (4.629 aparições ) e para a Skol (4,315 ocorrências), cujas marcas aparecem em momentos de consumo com amigos.

A Vinícola Concha y Toro foi destaque com seu rótulo Casillero del Diablo, presente em mais de 12 mil imagens.

Outra percepção possível foi a de consumo associado, onde Jack Daniel’s se destaca, misturado principalmente a Coca-Cola (4.820 casos).

A identificação de logos é possível não somente para o segmento de bebidas, mas para uma série de situações, como times de futebol, marcas de esporte, automóveis, bancos, bens de consumo e permite identificar além de situações de consumo, como associações que são feitas com as marcas e onde elas se inserem na Jornada do Consumidor.

Saiba mais sobre a tecnologia Brand Logo Detection.