Elife apresenta Elife Blab, ferramenta para gestão de bots

Publicado por

Publicado a Março 8, 2019

A Elife acaba de lançar o Elife Blab, ferramenta criada para facilitar a gestão de bots pela equipa de atendimento do cliente, ainda em versão beta. Com o Blab é possível otimizar o trabalho de atualização de bots a partir dos insights obtidos através dos diálogos com o consumidor.

Jairson Vitorino, CTO Elife, explica que o Blab foi desenvolvido para diminuir o tempo de gestão dos bots e solicitações como push notifications, edições de textos, imagens e fluxos. “Ganha-se tempo pois é a própria equipa de Designers de diálogos que atualiza os bots, sem o envolvimento direto da equipe da tecnologia”.

 

Com a novidade, tanto os analistas como os responsáveis pelo conteúdo podem fazer as modificações necessárias no chatbot. Entre as principais funcionalidades da plataforma, os gestores de chatbots podem, num interface amigável e de alto nível:

  • Gerir fluxos da conversação
  • Configurar, editar e incluir novos menus, botões e templates
  • Realizar configurações gerais do chatbot (por exemplo, horário de atendimento)
  • Exportar planilha com termos não entendidos pelo bot
  • Agendar push notifications nos formatos carrossel, texto e botão
  • Configurar e editar mensagens pré-configuradas
  • Fazer a manutenção dos cards mostrados pelo bot (tipos de botões, links, imagens, ordem dos cards e também ocultá-los)
  • Testar alterações antes de subi-las para o bot

Segundo Jairson Vitorino, da Elife, agora tudo é feito sem a necessidade de interação com código: “A gestão de mudanças no bot tornou-se mais rápida e quebrou a dependência da equipa gestora da equipa de desenvolvimento. Qualquer nova mudança é aplicada diretamente no chatbot. O Blab integra ambientes de produção (oficial) e staging (testes) na mesma plataforma, permitindo a rápida transição.”

No Blab, cada bot tem um login próprio, tornando a gestão mais organizada. Cada analista pode ficar responsável por um bot e as edições feitas num login não afetará os demais bots. Além disso, diversos analistas podem trabalhar simultaneamente em diferentes logins, otimizando o trabalho e fazendo a edição com mais rapidez.

 

A ferramenta é intuitiva e separada pelas categorias principais: mensagens, notificações e configurações. Em poucos cliques o analista consegue editar os menus, alterar as mensagens pré-configuradas, criar notificações, editar os cards das conversas e exportar uma planilha com termos não compreendidos pelo chatbot num período específico.

Essa última funcionalidade, em especial, permite o aprimoramento constante do bot. Por exemplo: há uma semana um utilizador entrou em contato com sua marca e o chatbot não entendeu o termo “ajuda”. Ao extrair a planilha, você identificará essa lacuna e poderá solicitar a atualização do bot pela equipa de desenvolvimento.

 

O Blab foi feito para chatbots integrados com o DialogFlow, sendo totalmente customizável e instanciável, podendo ser criada uma versão do Blab com especificações e funcionalidades exclusivas para cada bot que usa a tecnologia, sem dependências gerais. “A estrutura do Blab foi pensada de modo totalmente modular, onde funcionalidades podem ser adicionadas ou removidas sem maiores complicações”, finaliza.

Importante destacar que a ferramenta é voltada para a edição de templates do bot, ou seja, formatações de menus, notificações, imagens e links, por exemplo. A inserção de novas perguntas, respostas e termos impacta a inteligência e arquitetura do bot, de modo que tais alterações podem ser feitas apenas pela equipa de desenvolvimento.