Facebook Messenger passa por mudanças esta semana

Publicado por

Publicado a Agosto 14, 2019

 

A partir desta quinta-feira, dia 15 de agosto, algumas funções do Facebook Messenger deixarão de existir. As alterações foram divulgadas na conferência F8 deste ano, evento anual promovido pela empresa para desenvolvedores.

De acordo com a divulgação oficial da rede social, as mudanças têm o objetivo de simplificar a experiência do utilizador do Messenger. As alterações entrarão em vigor inicialmente em dispositivos iOS.

Confira quais funcionalidades foram retiradas:

 

 

  • Botão de enviar localização

Permitia às marcas enviar a localização pelo Messenger. Segundo a rede social, futuras mudanças trarão uma nova forma de partilhar a localização no chat.

 

 

 

  • Listas verticais

Esta funcionalidade será substituída por listas de exibição horizontais, em formato “carrossel”.

 

 

 

  • Menus persistentes não terão mais sub-menus

Os menus persistentes terão uma única “camada”, sem a possibilidade de se desdobrar para exibir mais opções.

 

 

 

  • Botão “Partilhar”

Não será mais possível partilhar conteúdos enviados no chat através do botão “Partilhar”.

 

 

 

  • Partilha de outras Apps para Messenger

Outras aplicações tinham anteriormente a opção de partilhar conteúdos diretamente para o Messenger, através de um botão incorporado. Essa função também foi retirada.

 

  • Função Open Graph (música)

Esta função permitia ao utilizador ouvir uma música no próprio Messenger. A partir de agora, ao clicar na música o utilizador será direcionado para o site ou plataforma de streaming original do link.

 

 

  • Menu “+” com Extensões para Messenger

O botão “+” abria uma tela com várias opções no chat, inclusive o uso de extensões para Messenger.

 

 

Mudanças para chatbots de Facebook Messenger

 

As novidades dessa atualização do Facebook Messenger não são prejudiciais para a criação de chatbots. Pelo contrário, as marcas terão de criar assistentes que acompanham a simplicidade do Messenger, o que pode ser positivo para a experiência dos utilizadores.

Os bots criados pela Elife, por exemplo, foram adaptados de acordo com as funcionalidades atuais do Messenger.

Os menus no chat, por exemplo, passam a dispor diretamente todas as opções, sem a necessidade de sub-menus. Além disso, criamos um módulo de geolocalização para substituir a antiga função de local e passamos também a utilizar listas horizontais nos chatbots.

Confira nossa série de vídeos com dicas sobre como criar um bot para o seu negócio.

 

Gostou? A nossa equipa está preparada para desenvolver o chatbot ideal para seu negócio! Fale connosco!