Entenda as mudanças na API do Facebook Messenger

Publicado por

Publicado a Março 4, 2020

O Facebook divulgou mudanças nas suas permissões de utilização do Messenger, que entram em vigor nesta quarta-feira (04/03/2020). A atualização da API da rede social afeta principalmente as notificações enviadas por páginas a utilizadores.

Por se tratar de uma alteração na API do Facebook – o conjunto de permissões para integrações – a atualização apenas impacta o envio de mensagens fora da rede social, como numa plataforma de gestão de atendimento, por exemplo. O atendimento feito diretamente no próprio Facebook Messenger permanece igual.

O envio de respostas de chatbots a utilizadores continua como está, sem alterações significativas.

O Messenger tem agora como regra que uma página comercial só pode enviar mensagens a utilizadores até 24h após a interação do consumidor. A principal novidade é a possibilidade de enviar mensagens de notificação fora desse período, em ocasiões específicas.

Veja em que situações a sua marca poderá enviar notificações aos seus consumidores mesmo depois das 24h após a última interação:

 

Lembretes de eventos: Através da tag CONFIRMED_EVENT_UPDATE, o utilizador poderá receber lembretes sobre eventos que escolheu ser alertado. Shows, reuniões, compras de ingressos ou passagens são possibilidades para o uso da tag.

 

Status de compras: Os utilizadores poderão receber atualizações sobre compras recentes, como status de pagamento ou envio. Essa notificação será feita com a tag POST_PURSHASE_UPDATE.

 

Alertas de contas: A tag ACCOUNT_UPDATE poderá ser usada para alertar o utilizador sobre atividades em contas de serviços diversos, como alteração de senhas ou informações de segurança.

 

Atendimento humano:  Ainda em versão Closed Beta, a tag HUMAN_AGENT irá permitir o envio de notificações por profissionais de atendimento fora do período comum de 24h, limitadas a um período máximo de 7 dias após a mensagem do utilizador, como informa a documentação oficial.

 

Todas as possibilidades listadas acima serão gratuitas.

 

Além destas, há outras duas formas de enviar notificações após 24h:

 

Notícias: Notificações de páginas registadas no Facebook News Page Index, apenas contendo as notícias que os utilizadores optaram por receber. Esta funcionalidade será gratuita.

 

Promoções: Permite o envio de promoções, avisos de cupões de desconto e tudo relacionado à venda de produtos e serviços fora da janela de 24 horas. Será cobrado um valor específico para cada notificação enviada.

 

 

Como é que isso tem impacto na sua marca?

A restrição por categorias no envio de notificações após 24h exige que as empresas deixem bem claro o conteúdo e objetivo dos conteúdos enviados. Caso não entrem nas novas definições, os utilizadores não receberão a mensagem ou as notificações serão inseridas noutras categorias.

Uma empresa de tecnologia, por exemplo, que envia mensagens periódicas informativas, que não são sobre eventos específicos ou promoções de produtos, poderão ter as suas mensagens classificadas como Subscription Messaging, o que exigiria que a marca se registasse como Página de Notícias no Facebook News Page Index.

Da mesma forma, uma mensagem com conteúdo informativo que ressalta produtos de uma marca pode cair na categoria de Sponsored Message, exigindo que a página pague pelo conteúdo de caráter promocional.

As novidades entram em vigor no dia 04 de março de 2020. Confira a página oficial com todas as atualizações.