Realidade assistida e realidade aumentada: diferenças e aplicações

Publicado por

Publicado a Abril 13, 2021

Em 2016, vimos a Realidade Aumentada a popularizar-se com o sucesso do Pokémon Go. Nele, os jogadores iam à caça de Pokémons projetados pela cidade. Apesar desse mercado já ter avançado muito, outra interação tecnológica tem sido uma das grandes apostas para a Indústria 4.0: a Realidade Assistida.

No espectro das realidades estendidas, ela ocupa uma posição intermediária entre a realidade e a Realidade Aumentada. Uma versão “mais simples” da Realidade Aumentada.

 

 

Nas próximas linhas, conheça mais sobre essas diferenças entre as duas.

 

O que difere a Realidade Assistida da Realidade Aumentada?

Assim como a Realidade Aumentada, o acesso à Realidade Assistida dá-se através de smart glasses; no entanto, a forma como o conteúdo é visualizado muda bastante. Enquanto na Realidade Aumentada o conteúdo é projetado em 3D sob uma superfície, na Realidade Assistida os gráficos são mais simples e aparecem diretamente sob o campo da sua visão. Os textos, diagramas, imagens e vídeos não mudam conforme a posição e o ponto de vista do utilizador, como acontece na Realidade Aumentada. Além disso, a maioria dos conteúdos são bidimensionais, o que torna essa tecnologia mais acessível e de mais fácil execução.

 

Mas nem sempre o custo é o único factor determinante na escolha. Vejamos o exemplo da indústria automóvel. Uma pessoa está a conduzir um carro e quer aceder a um mapa nos smart glasses. Caso o mapa fosse projetado em 3D isso iria atrapalhar a concentração do condutor. Por outro lado, um conteúdo mais “simples” seria ideal para esse momento. Assim, podemos perceber que nem sempre a tecnologia mais avançada é a mais adequada. Tudo depende da necessidade da sua utilização.

O mesmo acontece nas aplicações da Realidade Assistida para algumas funções técnicas, onde o trabalhador precisa de total foco diante dos perigos do ambiente. Ter as mãos livres para manuseio de ferramentas e acesso a manuais ativados por voz otimiza processos e aumenta a produtividade no dia a dia.

 

Algumas aplicações da Realidade Assistida

 

Como é que essa tecnologia está a ser usada em diversas áreas

  • A Total S.A., empresa de gás e combustíveis do Brasil, utiliza a Realidade Assistida para fazer um aconselhamento entre os colaboradores. Através do dispositivo, os funcionários entram em contato com colaboradores mais experientes que podem ajudar em soluções técnicas;
  • Com a circulação reduzida pela pandemia, os engenheiros da Burns & McDonnell monitorizam a documentação das obras com Realidade Assistida. A produtividade passou a ser 5 vezes maior com essa recurso e 33% dos erros foram reduzidos;
  • Nos suportes técnicos da empresa de sensores FT, a Realidade Assistida dá acesso a todas as informações das peças/equipamentos e também aos passo a passo a serem seguidos. Caso o técnico tenha alguma dúvida, também consegue ligar para o suporte.

 

Veja como funciona na prática:

 

Esperamos que esse conteúdo o tenha inspirado a pensar em tecnologias que possam elevar o nível da experiência do cliente.

Continue a acompanhar os nossos conteúdos sobre tendências de mercado.